segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Câmara mantém 12 vetos de Neto; Presidente da Casa pede mais debates entre os vereadores

Foto: Antonio Queirós/CMS

A Câmara de Salvador manteve, nesta quarta-feira (11), 12 vetos do prefeito ACM Neto (DEM) a projetos de vereadores. Segundo a assessoria do presidente da Câmara, Geraldo Júnior, antes da abertura da sessão houve uma reunião do Colégio de Líderes na qual foi deliberada uma extensa pauta de projetos que foram apreciados à tarde no plenário da Casa.

“Não vou aceitar o veto sem uma justificativa plausível. Os vereadores são os representantes diretos do povo e devem ter autonomia para legislar livremente, respeitando, claro, o império da constituição”, disse Geraldo Júnior sobre a quantidade de vetos propostos de prefeito.

Ao todo, foram vetadas, parcialmente ou totalmente, propostas de Fábio Souza (PHS), Teo Senna (PHS), Alexandre Aleluia (DEM) – dois projetos – Sabá (PV), Cátia Rodrigues (PHS), Orlando Palhinha (DEM), Suíca (PT), Moisés Rocha (PT), Marta Rodrigues (PT), Edvaldo Brito (PSD) e Sidninho (Podemos).

A procuradora Luciana Harth foi designada para justificar os vetos e tentar encontrar saídas legais para que as atribuições dos parlamentares sejam respeitadas. Segundo a assessoria da casa, essa foi a primeira vez que a procuradora foi convocada para mediar relações entre os poderes Legislativo e Executivo municipais.

11 de setembro de 2019, 22:47

Compartilhe: