sexta-feira, 15 de novembro de 2019

“Bolsonaro é tão incompetente que acabou com o PSL mas não com o PT”, diz Alexandre Frota

Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Redação

Ex-PSL, o deputado Alexandre Frota (PSDB-SP) limpou a poeira da sola dos sapatos e não não economizou farpas ao se referir ao presidente Jair Bolsonaro, a quem ajudou a eleger no ano passado. Em entrevista ao jornal O Estado de S.Paulo, Frota acusou Bolsonaro de destruir o PSL, apontou a existência de “milícias digitais” em gabinetes de Brasília e disse que, mesmo após passar 28 anos no Congresso, o presidente não é afeito à democracia. “Bolsonaro não suporta muito esse processo da Câmara e do Senado, o processo democrático”, disse.

Sobre as recentes ameaças e xingamentos que a deputada federal Joice Hasselmann sofreu, Alexandre Frota foi enfático. “Quem está nesse jogo não pode chorar. Esse jogo é violento e brutal. Mostraram nas redes que ela no passado também chamou a ex-presidente Dilma Rousseff de ‘gorda’, de ‘vaca’. Ela foi chamada agora de ‘gorda’ e de ‘porca’. Em uma situação dessas, você tem de estar muito seguro do que está falando e sabendo também o que fez no passado, porque seu passado é revirado”, apontou.

Decepcionado com o atual governo, Frota comentou: “Eu, como milhões de brasileiros, acreditamos que Bolsonaro pudesse chegar aqui e fazer realmente uma limpeza, porque esse era o discurso dele. Ele ia combater a corrupção, acabar praticamente com o PT. Ele foi tão incompetente que ele acabou com o PSL, mas não acabou com o PT”.

09 de novembro de 2019, 06:02

Compartilhe: