quarta-feira, 19 de junho de 2019

Assessor de assuntos internacionais chama prefeito de NY de ‘topeira’

O assessor presidencial para assuntos internacionais, Filipe Martins, reagiu à declaração do prefeito de Nova York, Bill De Blasio, que afirmou que Jair Bolsonaro é um “ser humano perigoso”.

“Surpresa seria uma toupeira dessas o elogiar”, escreveu Filipe Martins, através do Twitter. “Não há surpresa alguma em ver Bill de Blasio – um sujeito que colaborou com a revolução sandinista, que considera a URSS um exemplo a ser seguido e que faz comícios no monumento dedicado a Gramsci no Bronx – criticando o PR Bolsonaro.”

Já o presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara e filho do presidente, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), associou as críticas ao “globalismo”, ao compartilhar publicação do parlamentar Paulo Eduardo Martins (PSC-PR) em que ele escreve: “É a prova que ‘o idiota’ não habita somente a América Latina. ‘O idiota’ está por toda parte”.

Entenda a polêmica

“Bolsonaro não é perigoso somente por causa de seus racismo e homofobia evidentes. Infelizmente, ele também é a pessoa com maior poder de impacto sobre o que se passará na Amazônia daqui para a frente”, disse o prefeito de Nova York, durante entrevista à emissora de rádio WNYC.

O prefeito comentava sobre uma cerimônia de gala da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos para homenagear Bolsonaro como “Pessoa do Ano”. O órgão reservou o Museu de História Natural para realizar o evento e conceder a honraria.

14 de abril de 2019, 16:34

Compartilhe: