sábado, 6 de junho de 2020

Aras rebate críticas de que estaria omisso à crise e diz que vai ouvir Mandetta

Foto: Roberto Jayme/ Ascom /TSE

Da Redação

Em entrevista à jornalista Andreia Sadi, o procurador-geral da República, Augusto Aras, diz que não está omisso à pandemia do coronavírus.

Ele foi questionado sobre qual decisão tomará caso o presidente Bolsonaro cumpra o que aventou e baixe um decreto pelo isolamento vertical, no qual somente pessoas de grupos de risco devem ficar isoladas e respondeu: “Vou ouvir o ministro Mandetta. Quem determina política de saúde no Brasil é o ministro Mandetta”.

Apesar de ter 61 anos, Aras diz que segue trabalhando de seu gabinete mesmo sendo considerado do grupo de risco, pois tem muito trabalho e não pode adiar assuntos.

31 de março de 2020, 11:38

Compartilhe: