segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020

Advogado é preso em Salvador acusado de aplicar golpe em plano de saúde

Foto: Reprodução/TV Globo

Redação

Foi preso na manhã desta segunda-feira (10) em Salvador o advogado Daniel Ângelo de Paula. Ele foi alvo de uma operação da Polícia Civil para desarticular uma quadrilha suspeita de aplicar um golpe milionário contra uma empresa de plano de saúde, a Unimed de Petrópolis (RJ).

A operação, batizada de “Palhares”, é comandada por agentes da Delegacia de Petrópolis, na Região Serrana do Rio, e promotores do Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Rio de Janeiro.

No total, foram cinco mandados de prisão expedidos. Até o início da manhã, além de Daniel, outros dois advogados já haviam sido presos: Edilson Figueiredo de Souza, em Brasília, Darcy José Royer, em Uberlândia, Minas Gerais.

Outro alvo de mandado foi Márcio Duarte de Miranda, genro da desembargadora do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA) Maria do Socorro. No entanto, ele já estava preso desde novembro por suspeita no esquema de venda de sentença no TJ-BA, a Operação Faroeste.

Os agentes ainda tentam cumprir mandados contra outro advogado. As investigações apontam que um dos golpes praticados pelo grupo causou um prejuízo de R$ 17,6 milhões à Unimed de Petrópolis. A fraude consistia em vender para empresas créditos da Receita Federal, que não existiam. Os dados falsos eram inseridos no sistema e os empresários eram enganados.

10 de fevereiro de 2020, 12:14

Compartilhe: