quarta-feira, 26 de junho de 2019

Advogado de Najila deixa o caso por não ter acesso a conteúdo de tablet

Foto: Reprodução/SBT

Redação

O advogado Danilo Garcia de Andrade, que atuava no caso da modelo Najila Trindade, renunciou ontem à noite por não ter acesso ao conteúdo de um vídeo que estaria em um tablet. Ele já havia informado que, se Najila não apresentasse a ele o material até às meia-noite de ontem, ele abandonaria o caso.

Esse é o segundo advogado que Najila perde em menos de 15 dias. A modelo, que acusa o jogador Neymar de estupro, afirmou que teria um vídeo com prova importante da agressão. Ela afirmou que o tablet teria sido roubado.

Sobre esse roubo, ainda ontem, o advogado Danilo Garcia revelou que Najila o acusou de ter planejado o roubo do equipamento, o que também motivou que ele deixasse o caso.

“A senhora Najila me acusou de ter planejado este arrombamento, essa situação toda. Disse que esse tablet poderia estar comigo, segundo o marcador de localização dela. Eu não preciso comprar ou roubar um tablet, eu tenho os meus dispositivos eletrônicos. Eu nunca tive Iphone, eu sempre tive Androide. Nunca tive Ipad, me parece que é um Ipad. E a cliente tem uma postura repentina e totalmente contrária à ética, ao bom senso e à verdade nesse caso, a respeito do arrombamento e de esse tablet estar em minha posse”, afirmou.

O suposto arrombamento do apartamento também foi mal explicado pela modelo, já que o proprietário do imóvel nega que tivesse ocorrido. O conteúdo que estaria no tablet seria o vídeo completo, cujo trecho de 66 segundos vazou e foi exibido em programas de televisão, sites e circula por grupos de WhatsApp. Nesse trecho, Najila agride Neymar por ele ter batido nela na noite anterior.

11 de junho de 2019, 08:01

Compartilhe: