segunda-feira, 21 de outubro de 2019

7ª edição do festival A Gosto da Fotografia começa neste sábado (13) em Salvador

Foto: Divulgação

Como forma de voltar a inserir a Bahia no cenário nacional de reflexão e circulação da imagem fotográfica, de 13 de julho a 11 de agosto de 2019, será realizada a 7ª edição do Festival A Gosto da Fotografia com curadoria do fotógrafo e jornalista Marcelo Reis, através de uma programação que abrange um público de fotógrafos, artistas e interessados em diferentes áreas do conhecimento ao ser apresentado ao público o tema “O Olhar: o que vemos nos afeta”.

O projeto propõe um panorama do modo de ver e compreender a fotografia a partir de olhares distintos, sobre aspectos diversos de temas e propostas presente no cenário da fotografia contemporânea, seja ela baiana ou não. Nesta proposta curatorial, não estará em questão o que será visto ou mostrado, e sim o que cada artista pretende “falar” com ou sobre o seu trabalho, o seu olhar. O festival conta com o apoio da Caixa e a realização do Instituto Casa da Photografia e da Trevo Produções.

Nesta edição o “A Gosto da Fotografia” apresenta uma Mostra coletiva organizada pelo Diretor do projeto, o fotógrafo e jornalista, Marcelo Reis, reunindo obras de 30 fotógrafos baianos, ou residentes na Bahia, como Adenor Gondim, Arlete Soares, Bauer Sá, Evandro Teixeira, Lita Cerqueira, Mário Cravo Neto, Voltaire Fraga, dentre outros importantes fotógrafos, além de obras do fotógrafo franco brasileiro Pierre Verger que tanto retratou a Bahia para o mundo.

Programação do evento (temas e palestrantes):

➔ Feira de livros fotográficos de autores baianos
Todos os finais de semana, de 13 de julho a 11 de agosto, das 09 até 17hs

➔ Seminários O Olhar na fotografia baiana
Sábados, de 13 de julho a 10 de agosto, das 15h até as 18hs

13.07 – seminário de abertura – horário diferenciado dos demais: 16hs – 18hs

O olhar de Rui Rezende na documentação da biodiversidade da Bahia, autor de mais de cinco livros publicados sobre a biodiversidade do bioma baiano. Ao final das falas haverá sessão de autógrafos por parte do autor Rui Resende.

O Olhar na fotografia baiana – participam da mesa o diretor do festival, Marcelo Reis, e artistas expositores

20.07 – seminários 02:
O Olhar na fotografia baiana a partir do acervo da Galeria Paulo Darzé – Taís Darzé Curadora da Galeria Paulo Darzé;

A construção de um Olhar, A Fotografia no Espaço Pierre Verger de Fotografia, Alex Badarel, Curador da Fundação Pierre Verger

27.07 – seminários 03:
O percurso do Prêmio Pierre Verger de Fotografia – Renata Dias, Diretora geral da Fundação Cultural do Estado da Bahia;

Prêmio Mário Cravo Neto de Fotografia, perspectivas para um cenário da pesquisa e difusão na Fotografia – Christian Cravo, Gestão Instituto Mário Cravo Neto

03.08 – seminários 04:
A semiótica do olhar fotográfico – Cid Ávila. Doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP. Professor do Curso de Design da UNEB

A consumação do invento da fotografia na primeira metade do séc. XIX funda um novo paradigma de produção de imagens, um novo modo de registrar os fenômenos do mundo que, consequentemente, molda um novo olhar. Tudo isso requer uma nova estratégia de produção de sentido no campo da visualidade solidária ao código fotográfico. Na contemporaneidade, a fotografia convive e hibridiza-se com outros modos de produção de imagens, atualizando e reconfigurando seus modos de produção de sentido, ou seja, suas estratégias semióticas. Apontar estas estratégias é o objetivo desta palestra que também visa à introdução de uma semiótica da fotografia.

Alquimia visual fotográfica – Eriel Araújo
O olhar é uma ficção, algo que se manifesta no indivíduo, constituído pelos princípios óticos e capacidades interpretativas. Pensando assim, imagens fotográficas são construídas como narrativas poéticas que buscam ficções em outros olhares. Uma alquimia visual elaborada a partir de processos fotográficos digitais atuais e técnicas fotográficas antigas para produção de uma imagem.

10.08 – seminários 05:
O emprego da fotografia em Trabalhos de Conclusão do Curso de Jornalismo da Universidade Federal do Recôncavo, UFRB – Juciara Nogueira – Professora da UFRB. Doutora em Cultura e Sociedade. Mestra em Artes Visuais;

Olhares que Transformam: Uma experiência educativa com fotografia em Itinga, Lauro de Freitas-BA, Carol Garcia – Fotógrafa, jornalista e mestra em Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação pelo GESTEC-UNEB;

➔Workshops de Fotografia: Aos domingos das 09h até as 12hs

14.07 – Fábio Duarte – Pictorialismo na fotografia de Celular;
21.07 – Carlos Ferrari – Usos e funções para a fotografia como artefato;
28.07 – Ricardo Sena – O processo de impressão e a fotografia Fineart.
04.08 – Marcelo Reis – A Descoberta da Sombra – workshop de iluminação em fotografia;

Maratona Fotográfica, Sábado dia 27.07 das 09 até as 12hs
A Maratona será coordenada pelo fotógrafo Marcelo Reis e tem por objetivo oferecer orientações técnicas estéticas acerca do olhar na arte cemiterial realizando uma caminhada dentro do parque artístico do cemitério Campo Santo.

Inscrições de 20 a 26 de julho na Caixa Cultural Salvador (Rua Carlos Gomes, 57, Centro) – Máximo de 30 pessoas.

10 de julho de 2019, 17:05

Compartilhe: