Neto acusa Wagner de defender interesses de empresários que são contra o IPTU

11 de outubro de 2017, 22:25

O prefeito ACM Neto demonstrou indignação quanto à postura do ex-governador Jaques Wagner em relação ao IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano), durante a entrega das obras de intervenção viária no Jardim dos Namorados, ocorrida nesta quarta-feira (11).

 

“Li hoje um artigo em um dos jornais daqui da Bahia sobre o IPTU, mas não tinha prestado atenção ao autor. Pensei: ‘de duas uma: ou foi escrito por um grande latifundiário de terras, ou então por alguém que não se conforma com o sucesso da cidade’. De repente, vejo no cabeçalho o nome de Jaques Wagner. Tomei até um susto! Cheguei à conclusão de que era o ex-governador advogando e patrocinando o interesse de grandes empresários que nem sempre querem o melhor para Salvador.”
O prefeito salientou que a postura do ex-governador é reflexo de duas derrotas eleitorais, sofridas em 2012 e 2016 na capital baiana. ACM Neto lembrou dos elogios à cidade, durante uma viagem de avião, feitos por um carioca que mora em Salvador há quatro anos. “Não posso culpar, jamais, meus amigos cariocas pelos absurdos que são ditos e escritos por um que teve a chance de ser governador da Bahia e perdeu a oportunidade de fazer muito mais pelo estado e pela capital”, pontuou.