Marina confirma candidatura à Presidência : “Esse Brasil do ódio não é o nosso Brasil”

02 de dezembro de 2017, 21:29

A ex-senadora Marina Silva (Rede) confirmou neste sábado (2) durante evento partidário em Brasília que pretende participar das eleições presidenciais de 2018.

Marina já concorreu duas vezes ao cargo de presidente da República, em 2010 e 2014. Na primeira ocasião, ela foi candidata pelo PV e recebeu 19,6 milhões de votos, 19,33% do total. Já em 2014 ela concorreu pelo PSB e recebeu 22,17 milhões de votos, 21,32% do total. Em ambas ocasiões, ficou no terceiro lugar.

Marina é um nome forte nas pesquisas eleitorais, mas nos últimos meses tem assistido ao aumento das intenções de voto do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) — outro presidenciável que não esconde suas intenções.

A oficialização da candidatura de Marina deve ocorrer em 2018, segundo o calendário da Justiça Eleitoral. 
Em seu discurso, Marina fez duras críticas ao PT, PMDB e PSDB e afirmou que o Brasil vive uma de suas “piores crises”. A ex-senadora fez críticas ao clima de polarização política. “Esse Brasil do ódio não é nosso Brasil”, disse.