Após anúncio de filiação de Bolsonaro ao PSL, grupo Livres deixa partido

06 de janeiro de 2018, 00:32

A corrente interna do Partido Social Liberal (PSL), o grupo Livres, anunciou a saída da agremiação após o anúncio da chegada à legenda do deputado federal Jair Bolsonaro (RJ).

“A chegada do deputado Jair Bolsonaro, negociada à revelia dos nossos acordos, é inteiramente incompatível com o projeto do Livres de construir no Brasil uma força partidária moderna, transparente e limpa”, diz a nota do Livres, divulgada no Facebook nesta sexta-feira (5).

De acordo com a nota do Livres, o grupo recusa negociações políticas feitas à moda antiga”. “Não vamos arrendar nosso projeto à velha política de aluguel. Nosso compromisso não é com a popularidade das pesquisas da semana passada, mas com a população de um País que exige a transformação da política partidária.”